Imprimir Compartilhe









Comunicar Erro









 
 
 
ÁRVORE DO CONHECIMENTO Soja      Equipe editorial Ajuda

Complexo de percevejos de raiz

Autor(es): Lenita Jacobs Oliveira - in Memorian

Em soja, as espécies de percevejos de raiz mais comuns são os percevejos-castanhos Scaptocoris castanea (Figura 1), Scaptocoris carvalhoi e Scaptocoris buckupi. As ninfas de Scaptocoris spp. são brancas e, nos últimos ínstares, os primórdios das asas são bem visíveis e de cor amarelada. Os adultos têm coloração castanha (5 mm a 10 mm de comprimento), com as pernas anteriores desenvolvidas e adaptadas para cavar. A presença do percevejo castanho na lavoura é facilmente reconhecível pelo odor característico e desagradável que as ninfas e os adultos exalam. Quando expostos à superfície, esses percevejos emitem um som estridente. Adultos e ninfas sugam raízes da soja, desde a fase de plântula até a colheita, causando perda de rendimento. As plantas infestadas pela praga apresentam folhas amareladas e crescimento reduzido em relação às não atacadas. Quando o ataque ocorre na fase inicial, as plantas atacadas podem morrer, resultando em falhas na lavoura. No cerrado, perdas no rendimento da soja podem ocorrer a partir de populações entre 25 e 40 percevejos/m na fileira, dependendo da fertilidade do solo. Devido a seu hábito subterrâneo são insetos de difícil controle.

 

Percevejo da raiz
Figura 1 - Scaptocoris castanea
Foto: Arquivo Embrapa Soja


 



 

 

Veja também
Tenha a Agência
EMBRAPA de Informação
Tecnológica no seu site!

Refine sua pesquisa usando a
BUSCA AVANÇADA.

Agência Embrapa de Informação Tecnológica
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - EMBRAPA
Todos os direitos reservados, conforme Lei no. 9.610.
EMBRAPA - Parque Estação Biológica - PqEB s/n°    
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901 | SAC
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3347-1041