Imprimir Compartilhe









Comunicar Erro









 
 
 
ÁRVORE DO CONHECIMENTO Sisal      Equipe editorial Ajuda

Cultivares

Autor(es): Odilon Reny Ribeiro Ferreira da Silva ; Orozimbo Silveira Carvalho (aposentado) ; Elenilson Saulo Batista Ramos (colaborador)

Dois genótipos são utilizados no cultivo de sisal no Nordeste brasileiro: A. sisalana ou sisal comum, que é amplamente cultivado na região, e o Híbrido 11648, que foi desenvolvido na região Oeste da África.


Foto: Odilon Reny R. F. da Silva Figura 1. Agave sisalana.

         

Foto: Odilon Reny R. F. da Silva  Figura 2. Agave híbrido 11648.


O comprimento da folha e a resistência da fibra, características importantes para a indústria, são qualidades intrínsecas de A. sisalana. O híbrido 11648, entretanto, é mais resistente à seca, o que permite colheita durante todo o ano. No processo de desfibramento, o híbrido 11648, quando comparado a A. sisalana, tem a desvantagem de exigir maior esforço do operador da máquina desfibradora; esta desvantagem, no entanto, pode ser superada com o uso de máquinas desfibradoras automáticas.

Dessa forma, ao escolher o genótipo a ser plantado, o agricultor deverá levar em consideração a disponibilidade do clone em sua região, os critérios de qualidade da fibra exigidos pela indústria e o tipo de máquina desfibradora existente na propriedade.

 

Veja também
Tenha a Agência
EMBRAPA de Informação
Tecnológica no seu site!

Refine sua pesquisa usando a
BUSCA AVANÇADA.

  Hiperbólica
  Hipertexto
  Links

Pasta de documentos

Agência Embrapa de Informação Tecnológica
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - EMBRAPA
Todos os direitos reservados, conforme Lei no. 9.610.
EMBRAPA - Parque Estação Biológica - PqEB s/n°    
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901 | SAC
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3347-1041