Imprimir Compartilhe









Comunicar Erro









 
 
 
ÁRVORE DO CONHECIMENTO Cebola      Equipe editorial Ajuda

Fúngicas

Autor(es): Carlos Alberto Lopes ; Ailton Reis

A cebola pode ser atacada por várias espécies de fungos; somente no Brasil, mais de 25 já foram relatadas. Os fungos são de longe o grupo de patógenos com maior número de espécies atacando a cebola e o ataque pode ocorrer desde a pré emergência até a pós colheita. Algumas espécies merecem destaque, por causarem doenças de elevada importância econômica. Além disso, algumas doenças fúngicas da cebola tem importância mais regional, como a podridão branca, o míldio e a queima de botritis. Outras são importantes em todas as regiões onde a cebola é cultivada, como a antracnose, a mancha púrpura e a raiz rosada. Várias medidas de controle podem ser utilizadas para o controle das doenças fúngicas da cebola e o uso de fungicidas é um item importante no manejo daquelas de parte aérea. Entretanto, aquelas causadas por patógenos de solo devem ser manejadas principalmente através de resistência genética e/ou por medidas preventivas de controle.  

Veja também
Tenha a Agência
EMBRAPA de Informação
Tecnológica no seu site!

Refine sua pesquisa usando a
BUSCA AVANÇADA.

Agência Embrapa de Informação Tecnológica
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - EMBRAPA
Todos os direitos reservados, conforme Lei no. 9.610.
EMBRAPA - Parque Estação Biológica - PqEB s/n°    
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901 | SAC
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3347-1041