Imprimir Compartilhe









Comunicar Erro









 
 
 
ÁRVORE DO CONHECIMENTO Castanha-do-Brasil      Equipe editorial Ajuda

Importância socioeconomica

Autor(es): Jair Carvalho dos Santos

A atividade extrativista da castanha reveste-se de importância ambiental, na medida em que, quando realizada de forma racional, atua como um importante fator na conservação da floresta amazônica. Do ponto de vista social, na Amazônia Brasileira, a atividade é exercida por cerca de 15.000 famílias, que têm na coleta da castanha uma das principais fontes de renda.

No início dos anos 2000, a União Europeia implantou uma nova legislação, estabelecendo elevado rigor na tolerância por contaminação de castanha por aflatoxina, o que provocou um desajuste na cadeia produtiva, reduzindo drasticamente as exportações brasileiras. Com isso, o Brasil perdeu volumosa parcela do mercado internacional de castanha descascada para a Bolívia, passando a ser um grande fornecedor de castanha in natura.

Os preços pagos para a castanha sem casca desidratada exportada são, em média, três vezes maiores que aqueles pagos para o produto desidratado com casca e sete vezes maiores que para o produto in natura. Constitui-se, dessa forma, um importante desafio ao setor agroindustrial brasileiro, a retomada do principal segmento do mercado internacional de castanha-do-brasil, que é o de castanha desidratada sem casca, pelo elevado valor agregado que representa.

Veja também
Tenha a Agência
EMBRAPA de Informação
Tecnológica no seu site!

Refine sua pesquisa usando a
BUSCA AVANÇADA.

Agência Embrapa de Informação Tecnológica
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - EMBRAPA
Todos os direitos reservados, conforme Lei no. 9.610.
EMBRAPA - Parque Estação Biológica - PqEB s/n°    
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901 | SAC
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3347-1041