Imprimir Compartilhe









Comunicar Erro









 
 
 
ÁRVORE DO CONHECIMENTO Território Mata Sul Pernambucana      Equipe editorial Ajuda

Bacia do Rio Ipojuca

Autor(es): Maria Sonia Lopes da Silva ; Manoel Batista de Oliveira Neto ; André Julio do Amaral

Localização

A Unidade de Planejamento Hídrico UP3, que corresponde à bacia do Rio Ipojuca, localiza-se em sua totalidade no Estado de Pernambuco, entre 08º09’50” e 08º40’20” de latitude Sul, e 34º57’52” e 37º02’48” de longitude Oeste.

A bacia do Rio Ipojuca limita-se ao norte, com a bacia do rio Capibaribe (UP2), grupo de bacias de pequenos rios litorâneos 2 - GL2 (UP15) e com o Estado da Paraíba; ao sul, com a bacia do Rio Sirinhaém (UP4); a leste, com o Oceano Atlântico; e, a oeste, com as bacias dos Rios Ipanema (UP7) e Moxotó (UP8) e o Estado da Paraíba.


Rede Hidrográfica

O percurso do Rio Ipojuca, com cerca de 320 km, é preponderantemente orientado na direção oeste-leste, sendo seu regime fluvial intermitente, tornando-se perene a partir do seu médio curso, nas proximidades da cidade de Caruaru. Seus principais afluentes, pela margem direita, são os riachos Liberal, Taquara e do Mel, e, pela margem esquerda, os riachos do Coutinho, dos Mocós, do Muxoxo e Pata Choca. O riacho Liberal, seu afluente mais importante, tem suas nascentes no Município de Alagoinha. Drena, ao longo dos seus 47 km de extensão, áreas dos municípios de Alagoinha, Pesqueira e Sanharó, e deságua no Rio Ipojuca.

O Rio Ipojuca corta diversas sedes municipais, destacando-se Bezerros, Caruaru, Escada, Chã Grande, Gravatá, Ipojuca, Primavera, São Caetano e Tacaimbó. Seu estuário foi bastante alterado nos últimos anos, em decorrência da instalação do Complexo Portuário de Suape.


Divisão Político-Administrativa

A bacia do Rio Ipojuca abrange uma área de 3.435,34 km2, correspondendo a 3,49% da área do Estado. Está inserido nessa bacia um total de 25 municípios, dentre os quais, 14 possuem suas sedes inseridas na bacia (Arcoverde, Belo Jardim, Bezerros, Caruaru, Chã Grande, Escada, Gravatá, Ipojuca, Pombos, Poção, Primavera, Sanharó, São Caetano e Tacaimbó); e dez estão apenas parcialmente inseridos, Agrestina, Alagoinha, Altinho, Amaraji, Cachoeirinha, Pesqueira, Riacho das Almas, Sairé, São Bento do Una, Venturosa e Vitória de Santo Antão. Desses municípios, destacam-se Amaraji, Chã Grande, Escada e Primavera pertencentes à Mata Sul Pernambucana.

   

     Foto. Flávio Adriano,2010

   

    Figura 1. Rio Ipojuca e suas margens degradadas.

    

Veja também
Tenha a Agência
EMBRAPA de Informação
Tecnológica no seu site!

Refine sua pesquisa usando a
BUSCA AVANÇADA.

  Hiperbólica
  Hipertexto
  Links

Pasta de documentos

Agência Embrapa de Informação Tecnológica
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - EMBRAPA
Todos os direitos reservados, conforme Lei no. 9.610.
EMBRAPA - Parque Estação Biológica - PqEB s/n°    
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901 | SAC
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3347-1041