Imprimir Compartilhe









Comunicar Erro









 
 
 
ÁRVORE DO CONHECIMENTO Frango de Corte      Equipe editorial Ajuda

Sistemas de produção

Autor(es): Paulo Sérgio Rosa

O sistema de produção de carne de frangos convencional é numericamente o mais importante, representando aproximadamente 98% do segmento "frangos" no Brasil. Essa cadeia é caracterizada pela sua alta capacidade de adaptação a inovações, reagindo de forma imediata às mudanças exigidas pelos mercados consumidores. O sistema predominante de produção brasileiro é o denominado de integração, onde dois personagens, de um lado a agroindústria (integradora) e de outro o produtor (integrado), cumprem um contrato de obrigações e responsabilidades assinado pelas partes.

Atualmente, o sistema convencional vem agregando tecnologias altamente competitivas, como a utilização de equipamentos automatizados para alimentação (pratos automáticos) e bebedouros tipo "nipple", bem como um sistema automatizado para controle da temperatura dos aviários, buscando otimizar os índices zootécnicos. Esse sistema ainda busca uma maior concentração na produção por meio da construção de módulos de no mínimo quatro aviários de 14 a 16 metros de largura por 140 a 160 metros de comprimento. Esses aviários são climatizados com pressão de ar positiva e/ou negativa e dispõem de nebulizadores ou placas evaporativas para resfriamento do ambiente interno. O crescimento ainda ocorre com a construção de aviários "gigantes", com dimensões diversas (32m X 150m), totalizando 4800m2 de área, sendo possível o alojamento de 70.000 a 80.000 frangos, dependendo da idade de abate das aves.

Já para a criação de frangos alternativos, que engloba várias denominações (caipira ou colonial, orgânico entre outros), prevalece o modo independente de produção, em que o próprio produtor gerencia todos os elos da cadeia, inclusive a relacionada ao abate e comercialização. Essa forma independente de produção tem diminuído a competitividade desse segmento e está principalmente relacionado à escala de produção, característica do segmento. Tem-se sugerido a formação de pequenas cooperativas (de 35 a 50 cooperados) ou associações para a organização dos produtores, visto a necessidade de fortalecimento dos elos, principalmente no que se refere ao abate das aves (frigoríficos). Na produção de frangos em sistemas alternativos, buscando diferencial no mercado, se faz necessário o planejamento adequado para o fortalecimento principalmente dos segmentos de matrizes, incubatório, fábrica de rações e frigorífico, para atendimento de mercado de forma contínua e com qualidade.

Veja também
Tenha a Agência
EMBRAPA de Informação
Tecnológica no seu site!

Refine sua pesquisa usando a
BUSCA AVANÇADA.

  Hiperbólica
  Hipertexto
  Links

Pasta de documentos

Agência Embrapa de Informação Tecnológica
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - EMBRAPA
Todos os direitos reservados, conforme Lei no. 9.610.
EMBRAPA - Parque Estação Biológica - PqEB s/n°    
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901 | SAC
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3347-1041