Imprimir Compartilhe









Comunicar Erro









 
 
 
ÁRVORE DO CONHECIMENTO Espécies Arbóreas Brasileiras      Equipe editorial Ajuda

Taxonomia e nomenclatura

Autor(es): Paulo Ernani Ramalho Carvalho

De acordo com o sistema de classificação baseado no The Angiosperm Phylogeny Group (APG) II (2003), a posição taxonômica de Caryocar brasiliense obedece à seguinte hierarquia:

 

Divisão: Angiospermas

 

Clado: Eurosídeas I

 

Ordem: Malpighiales (em Cronquit (1981), é classificado em Theales)

 

Família: Caryocaraceae

 

Gênero: Caryocar

 

Espécie: Caryocar brasiliense Cambess.

 

Publicação: in Fl. Bras. merid. 1: 322, tab. 67, 1838.

 

Nomes vulgares por Unidades da Federação: na Bahia, pequiá, pequiá-verdadeiro, pequiá-vermelho e pitiá; em Mato Grosso, pequi e piqui; em Mato Grosso do Sul, pequi; em Minas Gerais, pequi, pequi-do-cerrado e saco-de-bode e no Estado de São Paulo, pequi e piqui.

 

Etimologia: o genêro Caryocar vem do grego caryon (núcleo ou noz) + kara (cabeça), em referência ao fruto globoso (SILVA JÚNIOR et al., 2005); o epíteto específico,  brasiliense, ocorre porque essa espécie é original do Brasil.

O nome vulgar pequi vem do tupi, py (pele) + qui (espinho), em referência aos espinhos no caroço (SILVA JÚNIOR et al., 2005).

 
Veja também
Tenha a Agência
EMBRAPA de Informação
Tecnológica no seu site!

Refine sua pesquisa usando a
BUSCA AVANÇADA.

  Hiperbólica
  Hipertexto
  Links

Pasta de documentos

Agência Embrapa de Informação Tecnológica
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - EMBRAPA
Todos os direitos reservados, conforme Lei no. 9.610.
EMBRAPA - Parque Estação Biológica - PqEB s/n°    
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901 | SAC
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3347-1041