Imprimir Compartilhe









Comunicar Erro









 
 
 
ÁRVORE DO CONHECIMENTO Ameixa      Equipe editorial Ajuda

Mercado

Autor(es): Luis Antônio Suita de Castro ; Rosa de Oliveira Treptow

O Brasil importa quantidades significativas de ameixas. Segundo dados da Secretaria de Comércio Exterior (SECEX) as importações vêm apresentando taxas de crescimento superiores a 20%, ultrapassando as 30 mil toneladas em 2005, sendo consideradas aquém da demanda potencial.

Consome-se anualmente no País cerca de 50.000 toneladas, sendo 30% desse total importado principalmente do Chile e da Argentina. No Brasil, o Estado do Rio Grande do Sul é um dos pólos de oferta da fruta no mercado interno. Entretanto, há necessidade de avaliar os fatores que limitam o processo produtivo e impedem que frutos de qualidade estejam acessíveis aos consumidores.No Estado do Rio Grande do Sul foi avaliado o perfil e a preferência dos consumidores de ameixas (Prunus salicina) in natura, utilizando testes sensoriais descritivos e afetivos. Foram utilizadas, como matéria prima, ameixas importadas e nacionais de diversas colorações de película e polpa, com nível de maturação de consumo, adquiridas em fruteiras e supermercados locais (Pelotas, RS).
A técnica usada para obter as características sensoriais que determinam a qualidade e a compra de ameixas in natura foi a do grupo de enfoque (Focus Groups). Um teste de preferência-ordenação mostrou a tendência dos consumidores para a cor da película e polpa de ameixas no momento da compra.

Os resultados mostraram que 50% dos consumidores compram o produto em supermercado sem que esteja em embalagem específica (86%), sendo a firmeza (33%) e a cor roxa (54%) as características relevantes na compra. O consumo é de uma a duas vezes na semana (50%) sendo que a compra, na forma de fruta fresca (66%), é realizada pela dona de casa (50%).

Entre os fatores apontados na decisão de compra está o preço (40%). Ameixas de película roxa e polpa amarela são as preferidas pelos consumidores, constituindo-se na ameixa mais próxima da ideal em cor, doçura (13,8ºBrix), acidez (ATT) e sabor característico.

Veja também
Tenha a Agência
EMBRAPA de Informação
Tecnológica no seu site!

Refine sua pesquisa usando a
BUSCA AVANÇADA.

  Hiperbólica
  Hipertexto
  Links

Pasta de documentos

Agência Embrapa de Informação Tecnológica
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - EMBRAPA
Todos os direitos reservados, conforme Lei no. 9.610.
EMBRAPA - Parque Estação Biológica - PqEB s/n°    
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901 | SAC
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3347-1041