Link para o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento
Link para o Portal do Governo Brasileiro

 

Manejo e Uso dos Recursos Naturais

Autor(es):  Fabina de Góis Aquino

  Buscar  

 

   Busca Avançada

 

MANEJO E USO DOS RECURSOS NATURAIS

Parte interna do fruto de pequi expondo a polpa amarela que recobre a semente.

Foto: José Felipe Ribeiro

O termo manejo pode ser definido como a execução de procedimentos e operações, que interferem nas condições ambientais de uma determinada área, visando incrementar a produtividade, melhorar a qualidade e agregar valores à matéria-prima.

O manejo sustentável é aquele em que o planejamento das operações em determinada área deve prever a continuidade da disponibilidade dos recursos naturais. De acordo com a Lei no. 9.985/2000, o uso sustentável é a exploração do ambiente de maneira a garantir a perenidade dos recursos ambientais renováveis e dos processos ecológicos, mantendo a biodiversidade e os demais atributos ecológicos, de forma socialmente justa e economicamente viável .

O manejo e uso dos recursos naturais de forma planejada, racional e sustentável se justificam devido à rápida destruição dos ambientes naturais. Dessa forma o planejamento adequado das áreas de desenvolvimento econômico deve ser considerada ação prioritária para assegurar a proteção dos recursos naturais, o equilíbrio natural e a produtividade das terras.

Ações de manejo e uso dos recursos naturais devem prever um planejamento estratégico para definir a área a ser trabalhada, o tempo de colheita, a oferta de produtos, a localização e os preços de mercado e o custo da matéria-prima.

O manejo e o uso dos recursos naturais realizados de forma racional permitem dar continuidade à produção, rentabilidade, segurança de trabalho, respeito à lei, oportunidades de mercado, preservação dos recursos naturais e serviços ambientais.

A área destinada ao manejo e uso dos recursos naturais pode ser utilizada de diversas formas como, por exemplo: uso madeireiro; aproveitamento alimentar das frutas nativas; aproveitamento de partes das plantas secas para o artesanato; utilização da flora medicinal; produção de mudas de plantas nativas; criação e manejo de fauna silvestre; apicultura; turismo ecológico, dentre outros.

 

ILUSTRAÇÕES

 

Comercialização de frutos de pequi em feira popular.

Foto: José Felipe Ribeiro

Produção de mudas de baru.

Foto: José Felipe Ribeiro

Sementes de baru processadas.

Foto: José Felipe Ribeiro


Informações Complementares:

Adicionar à Pasta Levantamento etnobotânico de plantas medicinais no domínio do Cerrado na região do Alto Rio Grande - Minas Gerais Levantaram-se junto às comunidades rurais do sul do Estado de Minas Gerais, microrregião do Alto Rio Grande, municípios de Lavras, Carrancas, Ingaí, Itumirim e Itutinga, quais, como e para que fins as espécies nativas de algumas formações vegetais (cerrados sensu stricto, campos sujos, campos limpos, campos rupestres, bordas de matas de galeria e de encosta) e as plantas colonizadoras d Mais Detalhes
  Hiperbólica
 

Pasta de documentos
Adicionar
Visualizar

  Informes
Embrapa Cerrados
Cerrado Brasil
Topo | Página Inicial | Voltar
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610.
Embrapa
Parque Estação Biológica - PqEB s/n°.
Brasília, DF - Brasil - CEP 70770-901
Fone: (61) 3448-4433 - Fax: (61) 3347-1041